Mídias digitais vão superar a TV em investimento em 2017

mercado-digital

Uma pesquisa realizada pelo IPG Mediabrands Magna revelou uma tendência para o próximo ano, a compra de mídia digital deverá superar a de TV, pela primeira vez, em 2017. 

O meio digital será o primeiro em publicidade, alcançando a marca de 40% do market share, que representa uma movimentação de U$ 202 bilhões no mundo.  

Já a TV deverá movimentar U$ 186 bilhões, alcançando apenas 36% do market share.

startup-photos-1

Mercado digital

A publicidade digital cresceu, e muito, em 2016, chegando a 17% e movimentando U$ 178 milhões. A empresa que realizou a pesquisa acredita que até 2020 a compra de mídias digitais cheguem a 50% e a TV fique estagnada nos 33%.

Observa-se também um cenário onde a verba para mídias sociais e mecanismos de busca estão impulsionando o mercado publicitário. 

“O Ressurgimento da televisão não veio às custas do digital”, disse Vincent Letang, vice-presidente executivo global de inteligência de marketing da Magna. 

“Ambos cresceram muito este ano porque os anunciantes estão fundindo gastos em mídias sociais e buscas ao realocar baixos orçamentos de offline, indo além de estratégias de branding com mídias de massa tradicionais. Ao mesmo tempo, para manter o alcance, anunciantes tiveram que encarar os aumentos de custos significativos em televisão”, encerra.

A pesquisa é muito mais do que uma previsão, é uma tendência que refletiu o comportamento do consumidor em todo o mundo. Hoje as pessoas passam mais tempo conectadas na internet do que assistindo TV, portanto é uma excelente oportunidade de investimento. 

Além disso, os valores empregados na compra das mídias são muito diferentes, no meio digital os valores são bem mais baixos.

 

Assinatura Blog_Nanda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *